9 efeitos colaterais comuns do jejum intermitente e como lidar com eles

Você já ouviu falar muito sobre os benefícios do jejum intermitente (JI), incluindo perda de peso , inflamação reduzida, digestão melhorada, inchaço reduzido, maior clareza mental , melhor sono e controle sobre os desejos de açúcar .

Você está pronto para experimentá-lo , mas precisa estar ciente de alguns efeitos colaterais não tão animadores que provavelmente você irá experimentar no início. 

Pense dessa maneira – as pessoas não vão de sedentário ao triatleta da noite para o dia. Seu corpo precisa de tempo para se adaptar a mudanças extremas. Alguns efeitos colaterais são comuns quando você para de comer repentinamente por longos períodos de tempo. Isso pode ser difícil no começo, mas contanto que você saiba lidar com com esses efeitos colaterais, poderá manter o JI e colher todos os benefícios.

Antes de iniciar qualquer novo plano de dieta, incluindo jejum intermitente, consulte o seu médico ou nutricionista primeiro.

Fome

Quando você está acostumado a comer cinco a seis vezes por dia, seu corpo espera comida em determinados horários. 

O hormônio grelina é responsável por nos deixar com fome. Geralmente atinge o pico no café da manhã, almoço e jantar e é parcialmente regulado pela ingestão de alimentos. Quando você começa a jejuar, os níveis de grelina continuarão a atingir o pico e você sentirá com fome. A princípio, será necessária muita força de vontade . Os dias três a cinco podem parecer os piores, mas chegará um momento em que você alcançará o início da janela da sua refeição e nem sentirá fome!

Combater a fome nas primeiras duas semanas bebendo bastante água para manter a barriga cheia, ajuda você a se sentir mais alerta e saciar esse hábito. Se sentir uma pontada de fome, beba água. Uma coisa que o jejum intermitente lhe ensinará é que o que você pensou que era fome era provavelmente sede ou tédio.

Beber café preto e chá também pode combater a fome. Dormir o suficiente, se manter ocupado e evitar exercícios extenuantes nas primeiras duas semanas, pois isso pode aumentar a fome. Comer o suficiente no dia anterior e consumir carboidratos, gorduras saudáveis ​​e proteínas também é fundamental para prevenir a fome.

Desejo por comer

Se eu lhe disser que você não pode mais comer melancia, é provável que você queira comer uma fatia de melancia. Durante o jejum intermitente, você passa longos períodos sem comer. Então as chances são de que você só consiga pensar em comer. É aí que os desejos aumentam. Você também descobrirá que é mais provável que anseie doces e / ou carboidratos refinados porque seu corpo está procurando a glicose.

Faça o que puder para não pensar em comida e certifique-se de comer alimentos saudáveis e gostosos durante a janela de alimentação para ter a chance de satisfazer esses desejos.

Dores de cabeça

À medida que seu corpo está se acostumando com esse novo horário de refeição, dores de cabeça que vêm e vão são bastante comuns. A desidratação pode ser um fator , por isso, beba muita água durante as janelas.

As dores de cabeça também podem ser causadas pela diminuição dos níveis de açúcar no sangue e pelos hormônios do estresse liberados pelo cérebro durante o jejum. Com o tempo, seu corpo se acostumará com esse novo horário de refeições, mas tente permanecer o mais livre de estresse possível.

Uma outra situação bem comum que acontece é a falta de sódio, ocasionando dor de cabeça, no geral é mais comum em protocolos acima de 24 horas. Você pode estar colocando um pouquinho de sal na água e beber.

Energia baixa

Seu corpo não está mais recebendo a fonte constante de combustível que você costumava comer ao longo do dia, portanto, espere se sentir um pouco lento nas primeiras duas semanas. Tente manter o seu dia o mais relaxado possível, para que você possa exercer a menor quantidade de energia. Você pode dar uma pausa nos exercícios ou apenas fazer exercícios leves, como caminhar ou ioga . Dormir também pode ajudar.

Irritabilidade

Sentir fome é real e é muito ruim. Esperar se sentir um pouco irritada quando os níveis de açúcar no sangue caírem ou quando você estiver lidando com outros efeitos colaterais do JI, como desejos e baixa energia. Você pode lidar com isso evitando situações e pessoas que possam te deixar mais irritado e se concentrar em fazer coisas que te fazem feliz.

Azia, inchaço e constipação

Seu estômago produz ácido para ajudar a digerir sua comida; portanto, quando você não está comendo, pode sentir azia (esse efeito colateral não é tão comum quanto os outros). Isso pode variar de leve desconforto a arrotar o dia todo até sentir dor. O tempo deve curar esse efeito colateral; portanto, continue bebendo água, durma e quando comer evite alimentos gordurosos e picantes que podem piorar a azia. Se não desaparecer, fale com o seu médico.

O jejum intermitente também pode causar constipação, o que pode causar inchaço e desconforto. Beba bastante de água para ajudar.

Sentindo frio

Pés e mãos frios durante o jejum são bastante comuns, mas por um bom motivo! Quando você jejua, o fluxo sanguíneo aumenta para as reservas de gordura . Chamado fluxo sanguíneo do tecido adiposo, isso ajuda a mover a gordura para os músculos, onde pode ser queimada como combustível. Quando o açúcar no sangue diminui, também pode te deixar mais sensível à sensação de frio. Combate o frio tomando um gole de chá quente, tomando banho quente, vestindo camadas extras e evitando ficar ao ar livre no frio por períodos prolongados.

Comer demais

As pessoas tendem a comer demais no início da jornada do JI, porque ouvem calorias não importam (importam!) Ou porque estão tão empolgadas com a comida que exageram. Planejar suas refeições com antecedência pode manter as porções sob controle.

Você também pode se sentir tão faminto quando sua janela de jejum termina que você come muito rápido e acaba comendo muito mais do que normalmente faria. 

Quando o período de jejum terminar durante o JI, você deve estar atento à sua primeira refeição. Você pode querer pegar uma fatia de pizza (ou quatro), mas opte pelo frango e salada grelhados. Seu futuro vai agradecer.

Idas ao banheiro

Como você está bebendo oceanos de água para se manter hidratado e para se sentir encheio, você sentirá a necessidade de ir ao banheiro com mais frequência. Estamos falando de até duas vezes por hora! Lamento dizer que não há maneira de contornar isso. Você definitivamente não deve reduzir a ingestão de água, por isso, verifique se está sempre perto de um banheiro.

Em quanto tempo esses efeitos colaterais somem?

Tudo isso parece muito ruim, mas falo por experiência própria – esses sintomas geralmente duram apenas uma semana, talvez três no máximo. A melhor maneira de aliviar os efeitos colaterais é facilitar o jejum intermitente – não passe de seis refeições por dia para duas refeições. Dê um tempo e o jejum intermitente se tornará natural e saudável, com menos apetite, mais nitidez mental e uma cintura invejável a longo prazo.

Sempre ouça seu corpo

O jejum intermitente não é para todos. Por exemplo, pessoas com diabetes, mães grávidas ou amamentando e crianças não devem praticar o jejum intermitente. As pessoas que gerenciam doenças crônicas devem sempre consultar seu médico antes de iniciar qualquer nova dieta. ou regime alimentar. Finalmente, qualquer pessoa com histórico ou risco de desenvolver distúrbios alimentares deve evitar qualquer tipo de jejum.

Há um tempo em que esses efeitos colaterais não devem ser ignorados. Se talvez não seja para você se sentir tonturas devido ao baixo nível de açúcar no sangue, se o jejum estiver interferindo na sua capacidade de acompanhar suas responsabilidades, ou se você desenvolver uma obsessão doentia por comida. Pode ser necessário interromper o jejum e comer mais cedo do que o planejado, ou pode ser necessário parar completamente o jejum. Se você tiver alguma dúvida ou problema, é sempre uma boa ideia consultar seu médico.

O ideal é ter o acompanhamento com uma nutricionista para que você possa passar por esses sintomas da melhor forma possível, garantindo que seja de forma saudável também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *